sexta-feira, 8 de agosto de 2014

SAD do Belenenses requereu adesão a um Plano Especial de Revitalização

Postado Por: with Sem Comentarios
A SAD do Belenenses anunciou ontem ter requerido a adesão a um Plano Especial de Revitalização (PER), que lhe permita renegociar os 7,2 milhões de euros de passivo e dar sequência à "recuperação" da sociedade anónima.

Em comunicado divulgado na página oficial, o Conselho de Administração (CA) da SAD lembra que, desde que entrou em funções, há dois anos, conseguiu reduzir o passivo em quase três milhões de euros (em 2012, situava-se nos 10 milhões de euros), mas ressalva que "diversos credores pressionam o Belenenses para receberem tudo e já".

"Sendo esta atitude legítima, não é, todavia, possível ao Belenenses pagar de imediato 7,2 milhões de euros e no projeto de recuperação nunca houve um compromisso nesse sentido", pode ler-se no documento.

Dessa forma, e apesar de "a diminuição do passivo estar a decorrer ao ritmo previsto", a SAD do Belenenses "entendeu que este era o momento adequado para requerer o PER", à semelhança do que acontece em "várias sociedades anónimas desportivas que participam na I Liga e que tiveram ou têm um PER em curso".

"O PER é uma etapa na recuperação e consolidação do Belenenses, iniciada em 2012/2013, cujos resultados desportivos, financeiros e económicos já produzidos estão à vista de todos", refere a SAD, que "prevê que o Belenenses volte a ter capitais próprios positivos no exercício 2019/2020".

Por outro lado, o CA da sociedade frisa que "no exercício de 2012/13 o Belenenses obteve, pela primeira vez em muitos anos, um resultado líquido positivo de 87 mil euros", depois de nos quatro exercícios anteriores ter registado "prejuízos acumulados de 8,4 milhões de euros", sendo ainda expetável que as contas de 2013/14 superem as do exercício anterior.

Achei o texto acima:
← Mensagem mais recente Mensagem antiga → Página inicial

0 Comentário/s:

Enviar um comentário